MEMORIAS E VIVENCIAS NA CIDADE: CRIANÇAS, LUDICIDADE E GÊNERO

Resumo: Ao pensar sobre a cidade e as vivências dos sujeitos nela, o olhar das pessoas para os espaços, de suas relações construídas e estabelecidas com o local, e, mais especificamente, das suas lembranças. A referência no espaço da cidade que nós buscamos na memória parece relacionar-se com a intimidade que se tinha com aquele espaço – seja ele privado ou público – que considerávamos nosso no qual vivenciamos uma experiência. Era conhecido, sabia-se sobre ele em seus detalhes, suas formas e seus funcionamentos, havia laços com ele. É na cidade o espaço da vivência urbana por meio de uma experiência corporal que não podemos nos despir, pois fazemos também parte dela. Assim, em nosso cotidiano, transitando por diferentes espaços pretendo pensar quais são os espaços disponíveis para que meninos e meninas brinquem? Qual é o espaço do lúdico disponível? Como a cidade de Vitória vem preservando/promovendo (ou não) esses espaços para as crianças? Nesse contexto, pretendo problematizar: a. Cidade, urbanização e transformações nas praticas esportivas ou lúdicas vivenciadas na cidade; c. Práticas de entretenimento e lazer na cidade (planejamento e utilização das praças, ruas e atividades de promoção dessa apropriação); d. Memórias/vivencias sobre o uso do corpo e as experiências lúdicas e esportivas.

Data de início: 2016-05-03
Prazo (meses): 39

Participantes:

Papelordem decrescente Nome
Coordenador Ileana Wenetz
Acesso à informação
Transparência Pública

© 2013 Universidade Federal do Espírito Santo. Todos os direitos reservados.
Av. Fernando Ferrari, 514 - Goiabeiras, Vitória - ES | CEP 29075-910